quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Natal em Roma - Feira de Natal na Piazza Navona

É como se fosse uma festa junina, mas com pecas natalinas. Ha carrossel, bola na lata, tiro, cigana para ler a mao, barraca com maca do amor, algodao doce e todos os tipos de doce tipico e enfeites natalinos.



No dia 6 de janeiro, nosso dia de reis, aqui se comemora o dia da bruxa Befana. E como se fosse um halloween, onde tambem ha distribuicao de doces para as criancas. E o que faz uma bruxa na celebração do Natal, embolada entre o presépio e os Reis Magos?

Diz a lenda — uma delas, ao menos — que lá pelas tantas, os Reis Magos pararam numa aldeia nas colinas onde hoje é a Itália para descansar. A grande e suntuosa caravana se deteve justamente diante da casinha de uma velha chamada Befana — o nome, acreditem, vem de “epifania”, em italiano: Befana é uma manifestação com cara de bruxa e jeito de avó do divino — que havia perdido o marido e o filho e vivia arrumando a casa e preparando bolos e doces para as crianças do vilarejo. Os reis convidaram a velha para juntar-se à caravana que ia em busca do Menino Deus, mas ela estava muito ocupada varrendo a casa e não quis ir. Depois que eles partiram, no entanto, Befana sentiu um aperto no coração, mistura de saudades do filho, morto ainda criança, e desejo de conhecer este bebê maravilhoso sobre qual os reis do Oriente haviam falado. Amarrou o lenço na cabeça, calçou seus tamancos rotos, lembrou de enfiar os bolos e tortas doces na cesta para dar ao bebê e de carregar a vassoura para ajudar a mãe a limpar a casa e partiu. Mas logo perdeu-se.

Como aquela não era uma noite qualquer e havia anjos espalhados por toda parte, rodeando os humanos, algum deles teve pena da velha e fez com que ela alçasse vôo, montada na sua vassoura. Befana nunca achou o menino-deus, que até hoje ela busca, incansável, em todas as casas onde dorme uma criança, na noite mágica do dia 6 de janeiro. Como adora crianças, Befana deixa sempre um doce, um agrado, um presente para cada uma. Ou um pedacinho de carvão, para aquelas que se comportaram mal durante o ano.

As casas que aceitam sua presença colocam bruxinhas de pano nas janelas. No final da peregrinação, as bonecas serão incineradas "para queimar as coisas ruins do ano anterior e propiciar boa sorte no que chega". A água que passou a noite da Befana ao relento adquire o poder de afugentar o mal.

Na festa encontra-se comida típica. Além do carbone della Befana, existem outros pratos relacionados à festa. Os mais conhecidos são o risotto al cacao (ao chocolate) e a torta della strega (da bruxa).



Na feira ha varias bruxas para comprar e a tradicao manda comprar e presentear as pessoas com uma vassoura, para varrer a inveja. Item adquirido!!! Vai que da certo!!!

Bruxas e vassouras ao fundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário