sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Greve geral na França

A possível aprovação de mudanças no sistema previdenciário francês está levando a greves em diversos setores no país. Até agora, os mais afetados são transporte público, refinarias e escolas.
Os protestos tem atraído a adesão dos jovens que intensificaram os bloqueios a escolas secundárias e universidades. O transporte ferroviário é o mais afetado, mas hoje muitos trabalhadores do transporte coletivo de Paris voltaram ao trabalho. 
O ponto mais preocupante parece ser o iminente desabastecimento de combustível já que 11 das 12 refinarias do país estão paradas. Alguns postos já estão zerados devido ao aumento de 50% na procura por franceses em pânico.
Os sindicatos convocaram uma nova greve geral para dia 19, quando prometem um protesto semelhante ao que parou o país em 1995.  
Se até lá os trabalhandores não cederem, provavelmente daremos notícias de como isso terá nos afetado na prática. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário